Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Furacão Harvey passa a categoria 2 enquanto se aproxima da costa do Texas (EUA)

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/08/2017 Administrator

O furação Harvey evoluiu hoje para a categoria dois da escala de Saffir-Simpson, num máximo de cinco, com ventos de até 160 quilómetros por hora, segundo o mais recente boletim do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Pelas 05:00 GMT (06:00 em Lisboa), o Harvey estava situado a 355 quilómetros a sudeste de Corpus Christi, cidade com cerca de 325.000 habitantes na costa central do Texas, nos Estados Unidos, e avançava a 17 quilómetros por hora em direção a noroeste.

Espera-se que o Harvey aumente de intensidade nas próximas horas e que chegue à próxima madrugada como furacão de categoria 3, 4 ou 5 (a mais elevada) na costa do Texas, onde afetará milhões de pessoas, escreve a agência Efe.

O Centro Nacional de Furacões (NHC) lançou um aviso do risco dado que, ao tocar terra, o Harvey pode provocar chuvas intensas, além de ventos muito fortes, fatores potencialmente causadores de situações de risco para a vida humana.

O Harvey deverá ser o primeiro furacão forte a atingir o Texas desde o Ike, em setembro de 2008, que provocou estragos de dezenas de milhões de dólares nas cidades de Houston e Galveston.

O governador do Texas, Greg Abbott, deu ordens para que o Centro de Operações Estadual eleve o nível de prontidão, libertando meios para possíveis operações de busca e salvamento.

Abbott declarou também, a título preventivo, o estado de desastre em 30 condados ao longo da costa, o que permite acelerar o envio de meios para as áreas afetadas.

Quase todos os 591 quilómetros de costa do Texas estão em alerta de furacão ou de tempestade tropical desde quinta-feira.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon