Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Furacão Irma: MNE britânico viaja para as Caraíbas para visitar territórios afetados

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/09/2017 Administrator

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, vai viajar para as Caraíbas para visitar os territórios dependentes do Reino Unido afetados pela passagem do furacão Irma, informou hoje Londres.

Boris Johnson vai acompanhar a situação da ajuda aos afetados nas Ilhas Virgens Britânicas e Anguilla, depois de o Reino Unido ter anunciado o envio para a zona de 700 militares e 50 polícias.

O chefe da diplomacia britânica vai passar "os próximos dias" no Caribe, mas a informação oficial hoje divulgada não refere quantos nem quando se inicia a visita.

Anguilla, as Ilhas Virgens Britânicas e as ilhas Turks-et-Caïcos (Ilhas Turcas e Caicos), três territórios britânicos, têm cerca de 88 mil britânicos.

Pelo menos 35 pessoas morreram na sequência da passagem do furacão Irma pelas Caraíbas.

O Reino Unido desbloqueou, na semana passada, perto de 35 milhões de euros e enviou um navio militar para ajudar as zonas afetadas pelo furacão Irma.

O Irma -- qualificado pela Organização Mundial de Meteorologia como o furacão mais forte de sempre no Atlântico -- enfraqueceu na segunda-feira ao atravessar o estado norte-americano da Flórida, perdendo a designação de furacão e passando a ser classificado como tempestade tropical, até se transformar, finalmente, numa depressão tropical.

Às 23:00 de segunda-feira (04:00 em Lisboa), o Irma registava ventos de até 55 quilómetros por hora e localizava-se a dez quilómetros a sul de Columbus e a 150 a sudoeste de Atlanta, no estado norte-americano da Georgia (sudeste), indicou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon