Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Furacão Irma: Venezuela envia ajuda a Cuba

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/09/2017 Administrator

A Venezuela vai enviar a Cuba e a outras ilhas das Caraíbas 30 toneladas de alimentos, água potável e outros bens de primeira necessidade após a passagem devastadora do furacão Irma, entretanto transformado em tempestade tropical.

"Estamos em vias de enviar dez toneladas de ajuda para os nossos irmãos de Cuba", anunciou o ministro do Interior, Néstor Reverol, na noite de segunda-feira, a partir do aeroporto de Maiquetía de Caracas.

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, tinha anunciado no domingo que preparava um pacote de ajuda a Cuba, um país aliado do regime 'chavista', durante uma visita ao Cazaquistão.

"Dei instruções para que se ativasse todo o apoio ao nosso povo irmão de Cuba", afirmou o chefe de Estado venezuelano, através da sua conta na rede social Twitter.

A Venezuela enviou no domingo dez toneladas de ajuda humanitária para Saint-Martin e outras tantas para Antígua e Barbuda na quinta-feira.

Segundo Néstor Reverol, o Presidente venezuelano ordenou o estabelecimento de uma "ponte aérea" para fazer chegar a ajuda aos "irmãos das Caraíbas".

O balanço da passagem do furacão Irma por Cuba foi um dos mais graves nas Caraíbas, com o registo de dez vítimas de um total de pelo menos 40.

O Irma - qualificado pela Organização Mundial de Meteorologia como o furacão mais forte de sempre no Atlântico - enfraqueceu na segunda-feira ao atravessar o estado norte-americano da Flórida, perdendo a designação de furacão e passando a ser classificado como tempestade tropical.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon