Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Furacões desaceleram economia nos EUA mas haverá recuperação no final do ano

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/10/2017 Administrator

O impacto dos recentes furacões nos Estados Unidos vai desacelerar o crescimento económico no país, mas haverá uma recuperação no final do ano, afirmou hoje, em Whashington, a presidente da Reserva Federal, Janet Yellen.

Falando num seminário internacional de banqueiros decorrido em Whashington, Yellen traçou uma previsão para a economia e inflação nos Estados Unidos, nos próximos meses, indicando que os furacões tiveram um impacto negativo, mas apenas temporariamente.

Os comentários da responsável sugerem que o banco central vai em breve retomar o aumento das taxas de juro para refletir o fortalecimento da economia.

A maioria dos economistas prevê que o próximo aumento das taxas de juro - o terceiro este ano - ocorra em dezembro.

Apesar dos furacões recentes terem atacado fortemente os Estados do Texas e da Florida, e ainda Porto Rico e as Caraíbas, com impacto negativo na economia norte-americana, Yellen apontou que "os efeitos a longo prazo serão modestos e a atividade vai recuperar rapidamente".

A presidente da Reserva Federal norte-americana disse ainda que a persistência de uma inflação baixa, este ano, tem sido uma surpresa, mas espera que comece a subir, assim que passarem alguns factos temporários, como a quebra de preços dos serviços de comunicações.

"A atividade económica nos Estados Unidos tem vindo a crescer moderadamente este ano, e o mercado de trabalho continua a fortalecer-se", disse Janet Yellen num discurso para uma audiência que incluía banqueiros da China, Japão, e do Banco Central Europeu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon