Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Furlán na esquerda Foguinho para o meio

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/06/2017 Ana Proença

Reforços brasileiros para Luís Castro potenciar. Lateral-esquerdo e médio de transição chegam do Grémio Anápolis para a primeira experiência europeia. Serão oficializados em breve

Rafael Furlán e Foguinho serão, sabe O JOGO, reforços do Chaves para a próxima temporada, faltando apenas saber se chegam a título definitivo ou por empréstimo do Grémio Anápolis, clube detentor dos respetivos passes. Aliás, os dois ainda estão em competição no Brasil, mas chegarão a Portugal a tempo do arranque dos trabalhos (ver mais na caixa). Furlán e Foguinho são agenciados pela Promosport, que também representa o treinador Luís Castro, mas foram observados ao vivo pelo departamento de scouting do clube transmontano, que ratificou as impressões positivas anteriormente recebidas.

© DR

Rafael Furlán é lateral-esquerdo, completa 23 anos em setembro e passou pelo Joinville, Metropolitano e Anápolis antes de chegar ao Grémio. Trata-se de um lateral ofensivo, tanto que, no passado, já foi extremo. O Chaves tem Nélson Lenho e Petrovic para a posição, mas nem um nem outro têm a permanência assegurada, pelo que ainda pode chegar outro lateral.

Quanto a Guilherme Seefeldt Krolow, mais conhecido por Foguinho, faz 25 anos neste mês e joga preferencialmente como médio de transição. Como profissional estreou-se na segunda equipa do Grémio de Porto Alegre, mas depois andou de clube em clube (Pelotas, Ferroviário, Ceará, Mirassol, Icasa, Oeste e Aparecidense) até se estabilizar e destacar no Grémio Anápolis. Pedro Tiba, Bressan e Patrão são, por esta altura, os outros médios que o Chaves mantém com contrato.

Nos próximos dias, o Chaves intensificará a apresentação de reforços. Para já, só o avançado Wilmar Jordán, que vem da Bulgária, e Rui Silva, lateral-direito do Santa Clara, foram oficializados.

Exames médicos ainda em junho, mas apresentação só a 3 de julho

O Chaves, sob o comando técnico de Luís Castro, vai começar a época de 2017/2018 ainda este mês com os normais exames e inspeções médicas agendadas para os dias 29 e 30. Após o fim de semana seguinte, o grupo de trabalho, que os responsáveis flavienses esperam estar já completo ou muito próximo disso, dará início aos treinos na segunda-feira, dia 3 de Julho. -CV

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon