Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Gabinete Central de Combate à Corrupção moçambicano acusa ex-ministro de corrupção

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/08/2017 Administrator

O Gabinete Central de Combate à Corrupção de Moçambique (GCCC) deduziu uma acusação contra o antigo ministro moçambicano dos Transportes e Comunicações Paulo Zucula por pagamento de salários indevidos, escreve hoje o jornal Notícias.

Em causa estão pagamentos indevidos num valor superior a mais de 31 mil euros.

Segundo o Notícias, em 2009, Paulo Zucula terá dado ordens para o pagamento de salários adiantados aos membros do Conselho de Administração do Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM) sem consultar o ministro das Finanças, como manda a lei.

Além do ex-ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique, o GCCC deduziu acusação contra três quadros seniores do IACM por abuso de cargo ou função, por terem assinado cheques adiantando o pagamento de salários a seu favor.

Em 2010, o antecessor de Paulo Zucula no cargo de ministro dos Transportes e Comunicações, António Munguambe, foi condenado a quatro anos de cadeia por desvio de fundos, por ter recebido dinheiro dos Aeroportos de Moçambique, empresa por si tutelada, para o pagamento de bolsas de estudo para os filhos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon