Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Ganhámos mas estivemos aquém na finalização"

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/03/2017 João Cardoso

Apesar do triunfo, Luís Castro, treinador do Rio Ave, lamentou a falta de eficácia da equipa, que só conseguiu o golo da tranquilidade (2-0) nos minutos finais

© ANTONIO COTRIM

Exibição: "Se olharmos às oportunidades ficou bem evidente ao longo do jogo que, realmente, estivemos aquém em termos de finalização. Podíamos ter avolumado mais o resultado, mas as falhas fazem parte do jogo. O objetivo foi cumprido: chegar a uma vitória e conquistar os três pontos".

Classificação podia ser melhor: "As equipas, por isto ou por aquilo, por vezes não conseguem traduzir em resultados o futebol que praticam. Jogar como jogamos e não traduzir em pontos essa qualidade deixa-me, enquanto treinador, com alguma tristeza interior, porque sinto que é deixarmos cair um pouco mais daquilo que podíamos fazer no campeonato. Mas sim, acho que sim, podíamos andar um pouco mais acima".

Regresso de Guedes: "O Guedes voltou, a equipa ganhou, mas na minha cabeça uma equipa ganha porque é uma equipa e perde porque é uma equipa. Não olho para os meus jogadores como 'um mais um' e sim como um todo. Não irei olhar nunca o jogo pelo prisma da individualidade. Fomos, claramente, a melhor equipa em campo. Não querendo minimizar o Estoril, que vinha em crescendo, hoje apanhou um Rio Ave fortíssimo. Não foi porque teve este ou aquele, foi por ser uma equipa que jogou no campo todo. Quis dizer claramente à equipa que não íamos meter tração atrás e que era para continuar a jogar alto.

Lugares europeus: "A nossa vida de treinadores tem tanto de imediatismo. Não consigo projetar o resto do campeonato. É tão hipótese ficarmos em sexto como continuar no oitavo ou ficar em 12.º lugar. De repente, as equipas desaparecem das mãos e temos de as recuperar. Mantenho o objetivo de ficar nos oito primeiros, gostava de ficar dentro dos oito primeiros. Agora é abordar o próximo jogo e fazê-lo de forma competente".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon