Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Giro: os euros à volta da vitória de Tom Dumoulin

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/05/2017 Hugo Monteiro

Tom Dumoulin venceu a Volta a Itália em bicicleta. Saiba quanto rendeu o triunfo ao ciclista holandês, ou melhor, à equipa.

© ALESSANDRO DI MEO/EPA

Tom Dumoulin vive o ponto mais alto da carreira. O ciclista holandês venceu o Giro e juntou ao currículo a primeira grande volta de três semanas. O tempo, agora, é de fazer contas. Ficou Dumoulin rico com o triunfo? O site Cycling Weekly fez as contas e há duas conclusões: não ficou milionário, mas também é verdade que no futuro tem muito a ganhar.

O primeiro número a merecer destaque são os 205 mil euros que o ciclista recebe pelo triunfo final. Há ainda nove mil euros por ter vestido a camisola rosa de líder durante nove dias e mais 34 mil pelas duas etapas ganhas e os pontos somados, principalmente na montanha. Contas feitas e arredondadas, são cerca de 250 mil euros, mas com um dado relevante: a distribuir pelos companheiros de equipa.

Não são números astronómicos, sobretudo comparados com outras modalidades, mas Dumoulin tem mais a ganhar. É, desde logo, um dos mais cotados nomes do pelotão internacional e com o Giro ganho, perante nomes como Quintana e Nibali, tanto pode renovar contrato, financeiramente superior, pela lógica, ou até ser disputado por uma outra equipa superior à Sunweb, onde alinha atualmente.

Com outros argumentos na alta montanha relativamente ao passado recente e fortíssimo no contrarrelógio, já muitos amantes do ciclismo aguardam com ansiedade por um duelo com Chris Froome. No Tour, claro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon