Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Gostava de voltar a Inglaterra", afirmou Ronaldo em tribunal

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Alcides Freire

O craque português insistiu na sua inocência durante toda a audiência com a juíza espanhola Mónica Gómez Ferrer, a 31 de julho.

© EPA/Toni Albir

Cristiano Ronaldo assumiu, em tribunal, o desejo de regressar a Inglaterra. O capitão da Seleção Nacional e craque do Real Madrid insistiu na sua inocência relativamente às acusações de fraude fiscal na audiência com a juíza espanhola Mónica Gómez Ferrer, a 31 de julho.

"Nunca tive qualquer problema em Inglaterra. Nunca. Por isso é que gostaria de voltar a Inglaterra", atirou o CR7, de acordo com imagens captadas pela CMTV e reproduzidas na imprensa espanhola.

"Que faria você se estivesse na minha posição, se tem gente bem preparada do seu lado, gente pronta? Eu tenho a sexta classe, mas tenho pessoas que são pagas a preço de ouro para tratar das minhas coisas. Se estivesse na minha posição, o que faria?", questionou Ronaldo, dirigindo-se à magistrada. "Eu pago os meus impostos", rematou o jogador.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon