Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Governo abriu curso para admissão de 400 novos agentes para a PSP

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/09/2017 Administrator

O Governo abriu um novo curso para admissão de mais 400 agentes da PSP, anunciou hoje a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa no 139º aniversário do Comando Regional da Madeira da Polícia de Segurança Pública (PSP).

"Ontem [quinta-feira] mesmo foi autorizada a abertura de um novo curso de admissão à PSP no montante de 400 novos agentes (...) que, no final, desse curso integrarão o dispositivo".

A ministra referiu ainda que, no âmbito da Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos para as Forças e Serviços de Segurança serão investidos 454 milhões de euros na área da segurança até 2021.

A comandante do Comando Regional da Madeira da PSP, superintendente Madalena Amaral, revelou, por seu lado, que a criminalidade registada no primeiro semestre deste ano na região aumentou 5,5% em relação ao período homólogo de 2016, tendência que a polícia procurará "inverter no segundo semestre".

A responsável pelo Comando Regional da Madeira disse ainda que a polícia na região devia merecer um reconhecimento "ao mais alto nível".

"Muito embora a meu ver fosse de inteira justiça um reconhecimento ao mais alto nível da região, enquanto comandante não posso deixar de prestar publicamente a minha gratidão pelo esforço e dedicação da PSP da Madeira", declarou.

Madalena Amaral considerou ser importante repor a lei que estabelecia que uma parte das coimas e multas era para aplicar na região "em prol do serviço prestado aos madeirenses e porto-santenses".

A comandante disse também já ter soluções para as esquadras de Santa Cruz e da Ponta do Sol, que ficarão instaladas nas casas de funções dos antigos magistrados, e que a de Machico está em negociações com a Câmara para ser construída num edifício de raiz.

"Para o Porto Santo não foi ainda encontrada uma solução", lamentou.

Entre os vários elementos da PSP distinguidos no âmbito deste aniversário estão dois chefes e dois agentes principais - com o Premio de Segurança Pública - pelo papel que desenvolveram nos incêndios de agosto de 2016 ao resgatarem cerca de 30 pessoas de uma área no Curral dos Romeiras que estava cercada pelo fogo.

O diretor nacional da PSP, superintendente chefe Luís Farinha, também participou na sessão solene do 139º aniversário do Comando Regional da Madeira da PSP.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon