Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Governo: Ana Teresa Lehmann assume Indústria e fica com pastas das 'startups' e Web Summit

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/07/2017 Administrator

A nova secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, vai herdar as pastas das 'startups' e da Web Summit, os principais dossiês do seu antecessor, João Vasconcelos.

No currículo, Ana Teresa Cunha de Pinho Tavares Lehmann conta com o cargo de diretora da InvestPorto (de 2014 a 2017), uma entidade constituída no final de 2014 no mandato de Rui Moreira que depende diretamente do presidente da Câmara do Porto e que tem como missão a captação de investimento, de acordo com a nota curricular enviada pelo Governo.

Antes disso, foi vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) entre 2008 e 2012, presidiu à Autoridade de Gestão do Programa Operacional de Cooperação Territorial Espaço Atlântico de 2009 a 2012 e foi pró-reitora da Universidade do Porto entre 2006 e 2008, tendo responsabilidades nas áreas do planeamento estratégico, das relações e participações empresariais.

Esteve também associada à fundação da API-Agência Portuguesa para o Investimento, onde exerceu funções de consultora do presidente e da comissão executiva, foi presidente da European International Business Academy (2010) e conta com "uma carreira de mais de duas décadas como especialista em investimento direto estrangeiro, internacionalização de empresas e políticas públicas", tendo também experiência na área da inovação, empreendedorismo e desenvolvimento de indústrias e clusters.

Ana Teresa Lehmann construiu uma carreira ligada à consultoria a grandes organizações internacionais, nomeadamente a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) e a Comissão Europeia, mas também a vários governos e chefes de Estado.

É embaixadora da InvestEU e do Plano Juncker e está ligada a várias iniciativas para "repensar o futuro de 'Smart Specialization' (Especialização Inteligente) na Europa".

No plano nacional, Lehmann foi deputada municipal da Assembleia Municipal do Porto entre 2013 e 2017.

Nascida em 1972, Ana Teresa Lehmann é atualmente professora da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP-UP) e é responsável pelo departamento de 'International Business' na Porto Business School.

Em 1995 licenciou-se em Gestão na FEP-UP, tendo concluído dois anos depois o 'Master of Science' e em 2001 o doutoramento em Economia, na Universidade de Reading, no Reino Unido, tendo concluído em 2002 um pós-doutoramento na área de Políticas Públicas, Internacionalização e Desenvolvimento Económico, na Strathclyde University, em Glasgow, também no Reino Unido.

O percurso académico de Ana Teresa Lehmann conta ainda com mais três pós-graduações: duas nas áreas de políticas públicas ligadas ao desenvolvimento industrial, em Itália e em França, respetivamente, e outra em Relações Internacionais pela Universidade de Nova Iorque.

Já na qualidade de professora e não de aluna, a secretária de Estado que vai herdar a pasta que era de João Vasconcelos - que se demitiu na sequência do caso das viagens a França pagas pela Galp a alguns membros do Governo durante o campeonato europeu de futebol de 2016 - passou por várias universidades tanto nos Estados Unidos da América como na Europa, incluindo a Columbia University de Nova Iorque, as Universidades de Glasgow, de Strathclyde, de Reading de Uppsala, entre outras.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon