Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Governo de Cabo Verde avalia ativos e negócios de empresas antes de privatização

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/08/2017 Administrator

O Governo cabo-verdiano vai realizar, ainda este ano, uma avaliação dos ativos e dos negócios de duas empresas públicas antes da sua privatização, num trabalho financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) em 535 mil euros.

Em comunicado enviado hoje à imprensa, o Ministério das Finanças de Cabo Verde informou que durante o segundo semestre deste ano vai avançar com as avaliações dos ativos e dos negócios da ASA e da Electra.

A ASA - Aeroportos e Segurança Aérea - é a empresa pública de gestão dos aeroportos em Cabo Verde, enquanto a Electra é a empresa de eletricidade e água do país.

O trabalho, prossegue o Governo, acontecerá no quadro da resolução que aprovou a agenda de privatizações, concessões e parcerias público-privadas de 23 empresas públicas e participadas do Estado.

Além da ASA e da Electra, o Governo cabo-verdiano pretende privatizar, até 2021, várias outras empresas de setores como telecomunicações, portos, produção e comercialização de medicamentos, imobiliário, estaleiros navais, correios, seguro, transportes.

Com essas operações, o Executivo de Ulisses Correia e Silva pretende arrecadar 90 milhões de euros.

Também pretende aumentar a eficiência, produtividade e competitividade da economia e das empresas, criar novas oportunidades de negócio, atrair o setor privado, modernizar o tecido empresarial, reduzir o peso do Estado e da dívida pública na economia e defesa do património do Estado.

Na nota de imprensa, o Ministério das Finanças salientou que a avaliação dos ativos e dos negócios é uma "etapa obrigatória" no processo de abertura do capital das empresas e participadas do Estado a privados.

O Governo cabo-verdiano informa ainda que as avaliações serão feitas com apoio de empresas especializadas, selecionadas no âmbito de um concurso internacional lançado em 2016.

Os trabalhos serão coordenados pela Unidade de Acompanhamento do Sector Empresarial do Estado (UASE) e deverão estar prontos até final deste ano.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon