Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Governo de Cabo Verde "profundamente triste" por mortes nas inundações na Serra Leoa

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/08/2017 Administrator

O Governo cabo-verdiano disse hoje estar "profundamente triste" pelo deslizamento de terra e inundações na Serra Leoa, que provocaram a morte de mais de 300 pessoas na capital do país, Freetown.

"O Governo, em nome de todo o povo cabo-verdiano, sentindo-se profundamente triste com este trágico acontecimento que causou um elevado número de vítimas mortais, faz chegar as profundas condolências e a mais sentida solidariedade aos familiares das vítimas e ao povo da Serra Leoa", lê-se numa nota enviada à imprensa.

Considerando tratar-se de "perdas irreparáveis de vidas humanas", o executivo endereçou ainda "sentidas condolências" às famílias enlutadas e um "abraço amigo" do povo cabo-verdiano.

"Às equipas de resgate que, em circunstâncias difíceis, continuam a trabalhar no terreno, desejamos muita força e perseverança", concluiu a nota.

Na segunda-feira, inundações e consequentes deslizamentos de terra atingiram a capital da Serra Leoa, provocando até agora 312 mortos, estando cerca de 600 pessoas desaparecidas.

A Serra Leoa tem sido afetada nos últimos dias pelas fortes chuvas. As inundações constituem um perigo frequente no país, onde as habitações feitas com materiais precários são regularmente destruídas pelas chuvas torrenciais.

Em 2015, inundações fizeram 10 mortos e milhares de desalojados na capital.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon