Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Governo do Burkina Faso denuncia "ataque terrorista" em Ouagadougou

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/08/2017 Administrator

O Governo do Burkina Faso classificou hoje como "terrorista" o ataque a um restaurante turco na capital do país, no domingo, que matou pelo menos 17 pessoas.

"Este domingo, 13 de agosto de 2017, pelas 21:00 [hora local], um ataque terrorista atingiu o restaurante Istanbul na avenida Kwame Nkrumah em Ouagadougou", afirmou o Governo, em comunicado .

"Este ataque causou até agora 17 vítimas, cujas nacionalidades ainda não foram especificadas, e oito feridos", indicou.

Os atacantes, de número desconhecido, "estão confinados a um andar do edifício que atacaram", declarou à televisão estatal o ministro da Comunicação, Remis Dandjinou.

Dandjinou indicou que as forças de segurança e unidades de elite de defesa estão no local.

O Burkina Faso é um dos países mais pobres do mundo. Partilha a fronteira norte com o Mali, que há muito combate extremistas islâmicos.

Em janeiro de 2016, um ataque a um café causou a morte de 30 pessoas. O atentado foi reivindicado pelo grupo extremista Al-Qaida no Magrebe Islâmico (AQMI), juntamente com o grupo Al Mourabitoun.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon