Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Governo: Igualdade passa para a tutela da ministra da Presidência

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/10/2017 Administrator

A pasta da Cidadania e Igualdade vai deixar de pertencer à tutela do ministro Adjunto e transita para a ministra da Presidência, disse hoje à Lusa fonte governamental.

Rosa Filomena Brás Lopes Monteiro foi nomeada hoje secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, em substituição de Catarina Marcelino.

A alteração acontece depois da nomeação de Eduardo Cabrita, que era ministro Adjunto, para ministro da Administração Interna, na sequência da demissão, na quarta-feira, de Constança Urbano de Sousa, após os incêndios do último fim de semana, que provocaram a morte de pelo menos 44 pessoas.

Para o lugar de Eduardo Cabrita foi designado o advogado Pedro Siza Vieira, que era até agora membro da Estrutura de Missão para a Capitalização das Empresas.

A Cidadania e Igualdade passam assim a ficar sob a tutela da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, que continua a ser Maria Manuel Leitão Marques.

Além de Rosa Filomena Brás Lopes Monteiro, nascida em Coimbra há 44 anos, a ministra da Presidência tem como secretários de Estado Tiago Antunes, na pasta da Presidência do Conselho de Ministros, e Graça Fonseca, como secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa.

Rosa Filomena Brás Lopes Monteiro é licenciada em Sociologia e investigadora no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, no Núcleo de Políticas Sociais, Trabalho e Desigualdade.

Foi também vereadora na Câmara Municipal de Viseu entre 2013 e 2017. Foi técnica especialista para a área da igualdade de género e cidadania no Gabinete do Ministro Adjunto desde 2015 até outubro de 2017.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon