Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Grimaldo: "Ofertas? Há coisas que chegam"

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/06/2017 Ana Proença

Confrontado sobre o seu futuro, o lateral diz não saber onde irá jogar na próxima temporada

As exibições de Grimaldo no Benfica não só valeram ao defesa um lugar no Europeu de sub-21, por Espanha, como despertaram também o interesse de vários clubes na sua contratação, algo que o deixa, como o próprio reconhece, com o futuro incerto.

Confrontado com a possibilidade de se mudar para o Manchester City, Juventus ou Nápoles ou se irá continuar na Luz, Grimaldo diz não ter garantias sobre o próximo clube. "Não sei, não sei. Não sei, não sei", começou por dizer, atirando: "Ofertas? Há coisas que chegam, mas tento não pensar muito nisso. Tento concentrar-me no que estou a fazer agora." "Estou concentrado no Europeu e o que tiver de acontecer mais tarde irá acontecer", frisou ontem em entrevista ao programa "Destino Mestalla", na Rádio Esport 914, de Valência.

© Filipe Amorim / Global Imagens

Dizendo-se "muito bem em Portugal", onde se adaptou na perfeição até porque "o futebol é muito ofensivo e semelhante ao que estava habituado no Barcelona", o lateral frisou que este estilo lhe permite projetar-se no ataque, que considera o seu "ponto forte", ainda que refira... "o remate" como a sua maior qualidade.

Lembrando que em novembro, "quando chegou a pubalgia, estava muito bem", garantiu que a lesão "está ultrapassada" e recordou até outros problemas físicos que o afetaram no Barcelona para deixar uma crítica ao antigo clube. "Não creio que tenham sido as lesões a impedir que chegasse à primeira equipa. Houve outras coisas", declarou, revelando que "apesar de sempre ter gostado de Messi", a sua atual referência é Marcelo, lateral-esquerdo do Real Madrid, precisamente o rival do Barça. "É o melhor na minha posição", explicou.

Em alta no Euro mas com respeito

A preparar o Europeu de sub-21 que se inicia dia 16 na Polónia, Grimaldo reconheceu que a Espanha "não teve sorte" com os adversários no grupo. "As outras seleções são muito complicadas, sobretudo Portugal e Sérvia [além da Macedónia], são muito duras e podem vencer o Europeu", declarou, sublinhando, ainda assim: "A nossa seleção também é muito boa e podemos ganhar-lhes." "Estamos com muita confiança e esperamos poder sagrar-nos campeões europeus", atirou, afirmando que chega "muito bem" à competição: "Tive muitos minutos no final da época e chego em grande forma."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon