Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Guardiola responde a Mourinho e mantém vantagem para o United

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/10/2017 Hugo M. Monteiro
© Fornecido por O jogo

O Manchester City continua com mais cinco pontos que o rival de Old Trafford

O líder Manchester City recolocou o perseguidor Manchester United à distância de cinco pontos, com um triunfo sofrido no estádio do West Bromwich, por 3-2, em jogo da 10.ª do campeonato inglês de futebol.

Com nove vitórias e apenas um empate concedido, o City igualou o melhor arranque de época na Primeira Liga após a realização das primeiras 10 rondas, estabelecido pelo Chelsea em 2005, sob o comando técnico do português José Mourinho, e reeditado em 2011 pelos próprios "citizens".

Horas depois de o rival citadino, treinado por José Mourinho, ter vencido também de forma tangencial na receção ao Tottenham, por 1-0, o City respondeu na mesma moeda, com o contributo do avançado internacional português Bernardo Silva, que foi titular.

Bernardo Silva foi substituído aos 61 minutos por Raheem Sterling e o avançado demorou muito pouco para marcar o terceiro golos do City, aos 64', depois de o alemão Leroy Sane, aos 10', e o brasileiro Fernandinho, aos 15, terem concretizado os dois primeiros.

O West Bromwich, que ocupa o 14.º lugar, vendeu cara a derrota, graças aos golos de Jay Rodriguez, aos 13 minutos, e Matt Phillips, aos 90+2, os quais, no entanto, não impediram a equipa orientada por Pep Guardiola de conquistar a oitava vitória consecutiva na prova.

Ao Manchester United, valeu um golo marcado perto do fim do encontro pelo avançado francês Anthony Martial, aos 81 minutos, permitiu aos "red devils" deixar a companhia do Tottenham, com o qual estava empatado no segundo lugar.

Depois de ter sofrido a primeira derrota na prova há uma semana, frente ao Huddersfield (2-1), a equipa orientada por José Mourinho conseguiu impor-se numa partida muito equilibrada, em que os "spurs" acusaram a ausência do principal goleador, o avançado Harry Kane, devido a lesão.

O Manchester United recebe na terça-feira o Benfica, tetracampeão português, em jogo da quarta jornada do Grupo A da Liga dos Campeões, que o clube inglês lidera de forma destacada, com três vitórias em outros tantos jogos, uma das quais conquistada no Estádio da Luz, por 1-0.

O Watford, treinado pelo português Marco Silva, caiu para o sétimo lugar, depois de ter perdido por 1-0 na receção ao Stoke City, tendo sido ultrapassado pelo Liverpool, vencedor por 3-0 do embate caseiro com o Huddersfield.

O Arsenal chegou ao intervalo a perder por 1-0 na receção ao Swansea, 17.º posicionado, mas deu a volta ao resultado durante a segunda parte, com golos do bósnio Kolasinac e do galês Aaron Ramsey, isolando-se no quarto lugar do campeonato, a um ponto do Tottenham.

O West Ham chegou ao intervalo a vencer por 2-0 no recinto do Crystal Palace, mas consentiu a igualdade ao lanterna-vermelha da prova, obtido aos 90+2 minutos por Wilfried Zaha, já depois de o defesa português José Fonte ter sido substituído na defesa da equipa visitante.

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon