Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Gudiño defende-se das acusações de viciação de resultados

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/05/2017 Hugo M. Monteiro
© Fábio Poço/Global Imagens

Guarda-redes do FC Porto B promete avançar com processo por difamação.

Raúl Gudiño reagiu esta sexta-feira às declarações de Filipe Silva, que garantiu a O JOGO que vai entrar no Ministério Público uma queixa crime em relação às suspeitas de viciação de resultados. Norton de Matos, treinador do União da Madeira na altura em que o emblema insular desceu à II Liga, afirmou numa entrevista terem existido "coisas estranhas", apontando a alguns golos consentidos pelo guarda-redes cedido pelo FC Porto.

Através do Twitter, o internacional jovem mexicano garantiu que "vai tomar as medidas oportunas para salvaguardar" a sua imagem, negando categoricamente tudo o que foi dito:

"Quero manifestar a absoluta falsidade de tudo o que foi dito contra a minha pessoa e a minha intenção de avançar contra esta difamação e dano pessoal que me foi infligido. Vou tomar as medidas oportunas para salvaguardar a minha imagem e prestígio enquanto desportista profissional, de acordo com o meu clube e os meus assessores", pode ler-se no comunicado publicado por Gudiño na rede social.

twitter862987974237138944

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon