Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Hamas apela a ataque a judeus após encerramento de local de culto

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/07/2017 Administrator

Os dirigentes do Hamas em Gaza estão a apelar aos palestinianos para atacarem as forças israelitas em Jerusalém, depois de um local sagrado ter sido encerrado na sequência de um assalto mortífero aí ocorrido.

O Hamas descreve o encerramento do local -- conhecido pelos muçulmanos com Santuário Nobre e pelos judeus como Monte do Templo -- num comunicado divulgado hoje, e citado pela agência Associated Press, como "guerra religiosa" e o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, apelou à "revolta" dos palestinianos e a que visem as forças armadas israelitas e os colonos judeus na Cijordânia.

As forças de segurança israelitas encerraram o local de culto em Jerusalém, depois de três assaltantes palestinianos aí abrirem fogo na sexta-feira, matando dois agentes da polícia israelita, antes de serem abatidos.

Os atacantes eram muçulmanos israelitas devotos.

A administração do local é partilhada por muçulmanos e judeus. Israel anunciou já que o local não será aberto antes deste domingo.

O Hamas organizou uma manifestação para celebrar o ataque.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon