Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Herrera exibe melhor versão e FC Porto esfrega as mãos

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/06/2017 Alcides Freire

Selecionador mexicano recuou El Zorro para a posição 6 e o portista tem correspondido. As duas assistências contra a Rússia deixam-no no topo da lista de assistentes na era de Juan Carlos Osorio.

Chegou à Rússia debaixo de fogo, depois de uma série de exibições no FC Porto e na seleção mexicana pouco entusiasmantes, mas bastou um reposicionamento no terreno para Herrera saltar para as páginas dos jornais astecas pelas melhores razões. Juan Carlos Osorio decidiu arriscar ao recuá-lo para a posição 6 e o médio tem correspondido com boas exibições, ao ponto de as críticas da Imprensa terem dado lugar a um chorrilho de elogios. "O melhor da equipa em quase todo o torneio. Esteve constantemente a recuperar bolas e a servir os companheiros mais adiantados", escreveu ontem o "ESPN Deportes", na análise individual da seleção tricolor.

© EPA/Peter Powell

El Zorro está a exibir a melhor versão na Taça das Confederações e, com isso, tem captado a atenção de vários olheiros, até porque a nova posição não o tem impedido de se destacar na vertente ofensiva, pelo contrário; com a Rússia, na terceira jornada da fase de grupos da Taça das Confederações, o portista fez duas assistências e saltou para o topo da lista de jogadores com mais passes para golo na era de Osorio, iniciada a 10 de outubro de 2015. Foram cinco ofertas em 22 jogos, mais uma do que Layún (19 jogos) e três do que Corona (12 jogos), por exemplo. "Do melhor contra a Rússia. Muitos preferem-no mais adiantado, mas aos poucos vai-se adaptando a uma posição mais de contenção", publicou a versão mexicana do jornal "As".

citacaoReposicionamento no terreno tem valido elogios ao médio e concentrado muitos olhares

A melhoria exibicional de Herrera não poderia surgir em melhor altura. A abertura oficial do mercado de transferências ocorre no sábado e o médio continua a ter algum cartel em Itália. Aliás, na última época foi associado com insistência ao Nápoles, que, no entanto, nunca atingiu os números pretendidos pela administração da SAD azul e branca para a realização de um negócio. Foi o próprio Pinto da Costa, aliás, quem chegou a admitir, em entrevista à ESPN, que havia declinado uma oferta no valor de 30 milhões de euros pelo internacional mexicano no último dia do mercado de verão de 2016. Uma quantia que os dragões decerto não rejeitariam neste defeso, até porque a pouca preponderância de El Zorro na equipa ao longo de 2016/17 levou-o a saltar para fora do lote de intocáveis.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon