Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Holandesa van Vleuten vence contrarrelógio feminino nos Mundiais de ciclismo

Logótipo de LusaLusa 19/09/2017 Simão Freitas
CORNELIUS POPPE/NTB SCANPIX © EPA / CORNELIUS POPPE CORNELIUS POPPE/NTB SCANPIX

Bergen, Noruega, 19 set (Lusa) – A holandesa Annemiek van Vleuten venceu hoje o contrarrelógio feminino de elite, nos Mundiais de ciclismo de estrada, a decorrer em Bergen, Noruega, à frente da compatriota Anna van der Breggen, segunda, e da australiana Katrin Garfoot.

A campeã holandesa de ‘crono’, de 34 anos, coroou-se campeã do mundo pela primeira vez, ao ser a única corredora a baixar dos 29 minutos, terminando com um tempo de 28.50,35 minutos, no final dos 21,1 quilómetros de prova.

A holandesa, campeã nacional da especialidade em 2014, 2016 e 2017, culmina um ano muito positivo, em que logrou o terceiro lugar da geral do Giro Rosa, versão feminina da Volta a Itália, bem como a vitória na Volta a Holanda e no ‘La Course’, prova organizada pela Volta a França.

Van der Breggen, que foi a segunda a partir e em 2016 conseguiu o bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, além do ouro na prova de fundo, deteve o primeiro lugar durante 45 minutos, mas acabou por ficar em segundo com 29.02,51, com a campeã australiana da especialidade Katrin Garfoot a fechar o pódio com 29.09,08, a mesma posição conquistada em 2016.

A ‘desilusão’ do dia foi a norte-americana Amber Neben, vencedora no ano passado, que ficou fora do ‘top 10’, no 11.º posto.

Antes, no ‘crono’ de juniores masculinos, o britânico Tom Pidcock terminou os 21,2 quilómetros do percurso em 28.02,15 minutos, 12 segundos a menos que o italiano Antonio Puppio, segundo, e o polaco Filip Maciejuk, que fechou o pódio a 13.

SIYF // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon