Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Homem e namorada condenados a pena de prisão efetiva por abusos sexuais de menor

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/07/2017 Administrator

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou hoje a seis anos e três meses de prisão um homem por abusar sexualmente da filha menor da namorada e esta, mãe da menina, por permitir e incentivar estes atos.

O coletivo de juízes deu como provado que os arguidos agiram em coautoria e sabiam que o estavam a fazer não estava certo, mas não se inibiram de o fazer.

"O arguido é o puro agressor sexual que tratava a vítima como mero objeto para satisfazer os seus desejos sexuais mais escabrosos", disse o magistrado, durante a leitura da decisão judicial.

Já quanto à arguida, mãe da menina que à data dos abusos tinha 13 anos, o juiz classificou-a de "mau caráter" por permitir que o namorado abusasse da filha.

Segundo a acusação, em 2014, a mãe da menor encontrava-se com o namorado em pensões do Porto e de Espanha e levava com ela a filha para que o homem abusasse dela.

"Estavam combinados quanto a isso", refere a acusação.

O tribunal deu como provado que a mulher não tem emprego há muito tempo, tem má relação com a família e que tem outra filha, mas que vive com o pai.

O arguido tem condenações pelo crime de violação na forma tentada e homicídio por negligência e condução sob efeito de drogas em acidente de viação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon