Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Hopfner sucede a Hoeness na presidência do Bayern

Sportinveste 02/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Hopfner sucede a Hoeness na presidência do Bayern © Sportinveste Multimédia Hopfner sucede a Hoeness na presidência do Bayern

O Bayern de Munique já tem sucessor para Uli Hoeness, chama-se Karl Hopfner, que foi esta sexta-feira formalmente nomeado presidente do clube alemão, menos de dois meses após a sua indicação para o cargo pelo Conselho de Administração.

O anterior presidente, Uli Hoeness, fora condenado há cerca de dois meses, a três anos e seis meses de prisão, após ter sido acusado de lesar o Fisco alemão em 3,5 milhões de euros, mas durante o julgamento acabou por ser provado que o montante ultrapassava os 27 milhões.

O Ministério Público pedia pena de prisão de cinco anos e meio, enquanto a defesa sustentava que foi o próprio Hoeness a admitir o delito, pelo que admitia apenas uma pena suspensa.

Karl Hopfner, de 61 anos, já tinha recebido luz verde há dois meses para suceder a Hoeness por parte do Conselho de Administração e a sua nomeação foi agora oficializada numa assembleia geral extraordinária com a presença de 1.593 sócios do Bayern. Hoeness tinha renunciado ao cargo na sequência da condenação de que foi alvo.

"Querido Uli [Hoeness], sei que tem uma superfamília, mas pode contar com outra dentro do clube, que o apoia e lhe dá toda a força necessária para enfrentar os tempos difíceis que aí vêm", disse Hopfner antes da votação, dirigindo-se ao seu antecessor, a quem lembrou que terá agora todo o tempo para decidir o seu futuro.

Hoeness, de 62 anos, que aguarda pela sua detenção, já deixou entender que regressará ao Bayern após cumprir a sentença que lhe foi aplicada: "Cometi um grande erro e vou cumprir a pena, mas quando voltar não irei aposentar-me", disse, suscitando uma ovação em pé da multidão presente na assembleia.

Hopfner está no Bayern há mais de 30 anos, tendo desempenhado funções de vice-presidente e membro do comité executivo do Conselho Fiscal, sendo, por isso, uma solução de continuidade.

O seu nome diz pouco em público por não ser um dos grandes ex-jogadores profissionais de prestígio, como Franz Beckenbauer, Karl-Heinz Rummenigge e Uli Hoeness, que são figuras de proa do clube mais bem sucedido da Alemanha.

Contratado como gerente do clube em 1983, depois de responder a um anúncio, faz parte de um triunvirato responsável pelo crescimento exponencial do Bayern.

Fonte: OJogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon