Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Início de manobras militares de 15 países na Ucrânia

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

Forças militares de 15 países, incluindo os Estados Unidos, iniciaram hoje manobras conjuntas na Ucrânia, num momento em que o exército russo se prepara para efetuar os seus próprios exercícios junto a fronteiras da União Europeia.

As manobras anuais "Rapid Trident" que decorrem até 23 de setembro em Yavoriv, uma cidade do oeste da Ucrânia, reúnem 2.500 homens, um número "sem precedente", anunciaram em comunicado os responsáveis da Defesa ucraniana.

"Hoje, o vosso apoio é muito importante para nós. A experiência dos nossos colegas é extremamente preciosa para o exército ucraniano", declarou o coronel Serguei Litvinov, que codirige, do lado ucraniano, estes exercícios.

Estas movimentações iniciam-se alguns dias antes das vastas manobras "Zapad 2017" (Oeste 2017), que vão decorrer na Rússia e na vizinha Bielorrússia, e que estão a suscitar eventual inquietação nos países bálticos e na Polónia.

Moscovo anunciou que 12.700 soldados russos e bielorrussos vão integrar estes exercícios de natureza "puramente defensiva", mas diversos observadores consideram que poderão envolver até 100.000 homens.

No leste da Ucrânia, um conflito que provocou mais de 10.000 mortos desde a primavera de 2014 opõe o exército russo a forças rebeldes apoiadas militarmente pela Rússia, segundo Kiev e os ocidentais. Apesar da assinatura dos acordos de Minsk em 2015, continuam a ocorrer incidentes armados nesta região do leste ucraniano.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon