Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndio deixou "completamente destruída" fábrica de móveis de Paredes, Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/07/2017 Administrator

Um incêndio destruiu hoje "completamente" uma fábrica de móveis situada na zona industrial de Lordelo, concelho de Paredes, distrito do Porto, onde trabalhavam perto de 50 pessoas, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

O alerta para o fogo foi dado pelas 05:16 e, quando os bombeiros chegaram ao local, "a fábrica já estava toda tomada" e ficou "completamente destruída", tendo apenas sido possível "salvar a parte de escritórios", informou o comandante dos Bombeiros de Lordelo, José Freitas.

Em declarações à Lusa pelas 12:00, o responsável indicou que o incêndio, combatido por elementos de "nove corporações", foi "dominado pelas 10:00", mantendo-se no local 72 homens, 21 viaturas e duas máquinas de rasto", numa fase de "rescaldo e vigilância" que deve prolongar-se "por umas longas horas".

"Quando chegámos ao local, a fábrica estava já completamente tomada. Ficou completamente destruída a parte fabril. A única coisa que conseguimos proteger e salvar foi a parte dos escritórios", descreveu o comandante.

O responsável indicou que, segundo foi informado, a fábrica tem "perto de 50 postos de trabalho".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon