Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Câmara de Gavião desativou Plano Municipal de Emergência

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/08/2017 Administrator

A Câmara de Gavião (Portalegre) desativou hoje o Plano Municipal de Emergência de proteção civil que vigorou desde sexta-feira por causa do incêndio que lavrava naquela região, disse à agência Lusa fonte do município.

"De acordo com o relatório do comando operacional, nós desativámos o Plano Municipal de Emergência pelas 09:00", disse o presidente do município, José Pio.

"As coisas estão mais calmas, mais controladas apesar de haver alguns reacendimentos, mas são reacendimentos suaves. O incêndio está em fase de resolução", acrescentou.

Este incêndio que lavrava desde quinta-feira em Gavião foi dado como dominado ao final da tarde de sábado pela Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O fogo, que resultou das chamas provenientes de um outro incêndio oriundo de Mação, no distrito de Santarém, já consumiu, com o incêndio que decorreu em julho em Gavião, cerca de "12 a 13 mil hectares" de floresta no concelho, adiantou o autarca.

"Não posso fazer ainda uma estimativa exata, porque não há qualquer informação que se possa dizer que é correta. Mas eu direi que andaremos muito perto dos 12 a 13 mil hectares consumidos pelas chamas, o que equivale a cerca de 50 por cento da área do concelho", disse.

O presidente da Câmara de Gavião acrescentou ainda que relativamente à freguesia de Belver arderam "cerca de 90 por cento" do seu território, tendo "ficado apenas" as povoações.

Segundo a página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o combate às chamas mobilizava, às 11:00, 424 operacionais, apoiados por 127 viaturas e dois meios aéreos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon