Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Chamas "diminuem de intensidade" em Vila de Rei e "mais calmas" em Mação - Autarcas

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/08/2017 Administrator

O incêndio que lavra em Vila de Rei, Castelo Branco, "mantém frentes ativas e outras já controladas, com as chamas a diminuirem de intensidade" com o cair da noite e da temperatura, estando as coisas "mais calmas" também em Mação.

"Ainda há várias frentes ativas, perto de Água Formosa, Quinta das Laranjeiras e Borda dos Ribeiros, mas também algumas delas estão já controladas, nomeadamente em Pisão Cimeiro. Com o cair da noite e das temperaturas, contamos dominar este incêndio nas próximas horas e começar a consolidar as zonas afetadas e a fazer rescaldo e vigilância" disse à agência Lusa o vice-presidente da Câmara de Vila de Rei, Paulo César, tendo referido não haver registo de feridos a não ser ele próprio, ao cair de uma altura de cerca de dois metros e ter sido atingido numa perna por uma laje de cerce de 50 quilos.

Em contacto telefónico, a partir de sua casa, o autarca disse estar na habitação "a recuperar, por indicações médicas", e depois de 24 horas consecutivas a acompanhar e a dar instruções relativamente a um incêndio que já obrigou à deslocação de mais de 100 habitantes cujas casas estavam ameaçadas pelo fogo.

"Estava em cima de um pequeno monte, a posicionar-me para ver o comportamento e a deslocação das chamas, quando a terra deslizou, caí de uma altura de cerca de dois metros e uma laje de cerca de 50 quilos caiu em cima da minha perna, obrigando à minha retirada de cena. Não é fácil, estar em casa e a receber telefonemas de pessoas a chorar e a pedir ajuda, mas estou convencido de que esta noite vamos dominar este incêndio", disse, combalido.

O incêndio que deflagrou em Zaboeira, Vila de Rei, às 18:40 de domingo, mantinha-se esta madrugada ativo e com duas frentes, cerca das 00:30 de hoje [terça-feira], e estava a ser combatido por 731 operacionais, apoiados por 200 viaturas, segundo a página da Proteção Civil.

As aldeias de Louriceira e Cerro do Outeiro, em Mação, [Santarém] foram evacuadas "por precaução" ao final da tarde devido à intensidade do incêndio que entrou no concelho cerca das 20:30, vindo de Vila de Rei, estando a situação, cerca das 00:30, "mais calmas", segundo o presidente da autarquia, Vasco Estrela.

"Com o cair da noite, as coisas estão mais calmas, as chamas lavram em zona de mato com pouca intensidade, por detrás de Amêndoa e Chão de Lopes, e durante a noite vamos tentar dominar o incêndio e resolver este problema em Mação", resumiu.

A página da Proteção abriu a ocorrência em Chão de Lopes, Mação, às 20:30 de segunda-feira, mas, cerca das 00:30 desta terça-feira não estava referida a presença de meios no local.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon