Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Combate com evolução favorável em Olho Marinho, em Óbidos

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/10/2017 Administrator

O combate ao incêndio que deflagrou em Óbidos às 15:40 de domingo estava às 03:00 a evoluir favoravelmente, apesar de a única frente ativa lavrar num local sem acesso, informaram os bombeiros.

"Os trabalhos estão a correr favoravelmente apesar de haver ainda uma frente ativa num local sem acesso, num vale encaixado, perto da localidade de Olho Marinho", disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros de Óbidos, Carlos Silva.

No local estavam às 03:00 60 homens apoiados por 15 viaturas, "a vigiar a evolução das chamas e aguardar que o fogo chegue a um local onde" possa ser feito o ataque com água, explicou o comandante.

O incêndio deflagrou às 15:40 de domingo, em Olho Marinho, no concelho de Óbidos, e chegou a ser combatido por 113 homens apoiados por 23 viaturas, mas, segundo o comandante, parte do efetivo foi desmobilizado "devido à ocorrência de outros incêndios na zona de Caldas da Rainha e na zona de Mafra", o que resultou numa "escassez de meios que dificultou o combate".

Ainda segundo o comandante, as chamas tinham já consumido uma área de 50 hectares de floresta e mato, uma casa devoluta e algumas estufas de hortícolas.

O fogo obrigou ainda ao corte do Itinerário Principal (IP) 6 e da Estrada Nacional 114, que liga Olho Marinho a Óbidos, e que foram reabertas às 23:30.

Dois bombeiros sofreram ferimentos ligeiros e foram transportados para o Hospital das Caldas da Rainha.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon