Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Concerto de solidariedade em Paris angaria "perto de 8.000 euros" para vítimas

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/07/2017 Administrator

O concerto de solidariedade que se realizou, esta sexta-feira, no Santuário Nossa Senhora de Fátima em Paris angariou "perto de 8.000 euros" para as vítimas dos incêndios da região centro de Portugal.

A iniciativa foi organizada pela Academia do Bacalhau de Paris (ABP) que tem uma conta aberta para juntar donativos e espera alcançar até 40.000 euros até ao final do mês.

"Ontem [sexta-feira] reunimos um pouco mais de 250 pessoas na igreja, um número talvez um pouco abaixo das nossas esperanças, talvez por causa do calor ou por ser sexta-feira, mas correu bem. Tivemos perto de 8.000 euros de doações e isso vai-se acrescentar à conta que está no banco e o objetivo é chegar aos 40.000 euros", disse o presidente da ABP, Fernando Lopes, à Lusa.

A violinista polaca Natalia Juskiewics, que vive em Portugal, levou ao santuário o projeto "Um violino no fado", no qual tocou clássicos do fado.

A totalidade do dinheiro angariado pela Academia do Bacalhau vai juntar-se ao montante reunido pelos outros membros fundadores da "Associação Solidariedade às Vítimas do Incêndio de Leiria", criada pouco depois do incêndio que começou em Pedrógão Grande e que causou 64 mortos e mais de 200 feridos.

A associação foi fundada pela Academia do Bacalhau, pela Rádio Alfa, pelas associações "À La Découverte du Portugal" e "Les Copains d'Hugo" e por alguns empresários portugueses em França, que vão entregar um cheque para a reconstrução de casas, a 19 de julho, ao presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria e presidente da Câmara de Leiria, Raul Castro.

"O cheque será entregue à Comunidade [Intermunicipal] da Região de Leiria, cujo presidente é Raul Castro, que nos vai indicar as casas que vão ser reconstruídas e dar-nos conta do avançar da reconstrução", explicou Fernando Lopes.

Na iniciativa no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, estiveram, ainda, à venda exemplares do livro "O Monumento, O Dever de Memória", do empresário residente em França Valdemar Francisco, e as vendas desta sexta-feira vão reverter para as vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

A publicação, que fala do antigo bairro de lata de Champigny-sur-Marne e de um monumento aí construído pelos portugueses, teve uma tiragem de 5.000 exemplares, mas foi feita uma "edição especial solidariedade" de mais 300 exemplares cujas receitas revertem para as vítimas dos incêndios.

O livro vai estar, hoje, à venda, numa festa portuguesa de Champigny-sur-Marne, no Ginásio Tabanelli, nos arredores de Paris, a partir das 19h (hora local).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon