Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Cruz Vermelha pronta a apoiar famílias afetadas pela tragédia no centro do país

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/07/2017 Administrator

A Cruz Vermelha Portuguesa, após participar na resposta de emergência à catástrofe em Pedrogão Grande e Figueiró dos Vinhos, está novamente a operar no terreno, apoiando diversas pessoas e famílias afetadas pelas mortes e destruição de bens materiais.

Em comunicado, a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) refere que, nesta fase de recuperação e retorno à normalidade após os trágicos incêndios iniciados a 17 de junho naqueles municípios, opera no terreno em diferentes frentes.

"Após o envolvimento de 37 estruturas locais e mais de 330 voluntários na resposta de emergência a esta catástrofe, a instituição reorganizou-se para, de forma racional e consistente, apoiar as inúmeras pessoas e famílias afetadas pelas mortes, ferimentos e destruição de casas, empresas, bens, pastos e terrenos agrícolas", indica a instituição.

Face ao levantamento das necessidades e no âmbito do plano de recuperação e prevenção do Governo e autarquias, a CVP informa que tem "duas equipas de apoio psicossocial, compostas por quatro psicólogos, a trabalhar junto das vítimas diretas e indiretas de perdas familiares e materiais, de acordo com as necessidades".

Para o apoio dos mais idosos e dependentes que vivem em áreas mais isoladas, a CVP adianta que estão a ser instalados cem equipamentos de teleassistência.

Este serviço - precisa a CPV - servirá para melhorar a qualidade de vida, saúde, segurança e autoestima dos seus utilizadores, 24 horas por dia e 365 dias por ano, garantindo o pronto auxílio em situações de urgência e emergência.

Está ainda prevista a prestação de cuidados primários de saúde e o apoio logístico com a distribuição de vestuário e alimentos, quando estes serviços forem necessários.

A CVP disponibilizou-se também para oferecer os seus serviços de apoio domiciliário e médico em casa.

A instituição alerta ainda para as consequências e impactos na natureza destes incêndios florestais, como a perda da biodiversidade e a erosão dos solos, que, com a chegada das chuvas, poderá provocar situações preocupantes.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon