Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Escolas fechadas hoje em Vieira de Leiria

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/10/2017 Administrator

As escolas e os jardins-de-infância de Vieira de Leiria, no concelho da Marinha Grande, vão estar encerrados durante o dia de hoje, na sequência do incêndio que, desde a tarde de domingo, afetou aquela freguesia.

Segundo um comunicado emitido pela Câmara da Marinha Grande esta madrugada, "por não ser possível garantir as adequadas condições de funcionamento, os jardins-de-infância e as escolas da freguesia de Vieira de Leiria, estarão encerradas no dia de hoje".

A autarquia, no entanto, assegura que a situação na freguesia de Vieira de Leiria "está controlada" e que as "situações que requerem mais atenção estão localizadas nos lugares de Pilado, Escoura e Garcia, estando mobilizados os meios necessários no local".

"Deve existir especial cuidado na circulação automóvel, tendo em conta, designadamente, a destruição de sinalização de trânsito", acrescenta o comunicado.

O incêndio que afetou o concelho da Marinha Grande no domingo teve início em Burinhosa, no concelho de Alcobaça, e obrigou à evacuação de algumas zonas na praia da Vieira, onde o parque de campismo foi destruído pelas chamas.

O fogo, que levou a Câmara Municipal da Marinha Grande a ativar o Plano Municipal de Emergência às 23:40, afetou também uma vasta área na vila de Vieira de Leiria que, ao início da madrugada, chegou a estar várias horas com todas as saídas fechadas.

   Centenas de incêndios deflagraram no domingo causando pelo menos seis mortes, 25 feridos, povoações evacuadas e casas destruídas.

No primeiro 'briefing' do dia, a adjunta nacional de operações da Proteção Civil Patrícia Gaspar disse que domingo, 15 de outubro, "foi o pior dia do ano em matéria de incêndios".

Durante o dia de domingo foram registados 443 incêndios, sendo que os distritos mais afetados foram Aveiro (com 56 fogos), Braga (com 38), Coimbra (com 25), Porto (com 120 incêndios) e Viseu (com 36).

 Os fogos que estão em curso desde domingo provocaram pelo menos seis mortos: duas pessoas morreram em Penacova (distrito de Coimbra), uma na Sertã (distrito de Castelo Branco) e duas em Oliveira do Hospital. Uma sexta vítima mortal foi registada em Nelas (Viseu), tratando-se de uma pessoa que estava dada como desaparecida.

Em Nelas, outra pessoa continua desaparecida.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon