Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios florestais nos EUA forçam milhares de pessoas a fugir das suas casas

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/09/2017 Administrator

Fogos florestais no oeste dos Estados Unidos obrigaram milhares de pessoas a fugir das suas casas durante o fim de semana, em que se atingiram temperaturas recorde de calor.

Os incêndios no domingo levaram à evacuação do Parque Nacional Glacier em Montana, e de várias outras zonas do oeste do país. Equipas de resgate tiveram de salvar 140 montanhistas que tinham passado a noite na floresta, depois de um fogo ter deflagrado no Columbia River Gorge Trail, em Oregon.

Os bombeiros tiveram de aumentar os esforços para proteger uma sequoia com 2.700 anos, que estava rodeada por chamas no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia.

Chuvas repentinas permitiram, no entanto, que fosse possível cancelar ordens de evacuação em Los Angeles.

O presidente da câmara de Los Angeles, Eric Garcetti, declarou emergência local no domingo e o governador Jerry Bro fez o mesmo a nível estadual para o condado de Los Angeles, depois de as chamas destruírem três casas e ameaçarem bairros vizinhos. Mais de mil bombeiros combatiam as chamas que já consumiram mais de 23 quilómetros.

Apesar de domingo ter registado recordes de calor, breves chuvas permitiram aos bombeiros avançar sobre os incêndios, sendo possível cancelar a ordem de evacuação para três cidades - Los Angeles, Burbank e Glendale -- e permitir que as 1.400 pessoas que tinham fugido voltassem a casa.

No Aeroporto Internacional de Los Angeles os termómetros atingiram os 36º graus no domingo, ultrapassando um recorde de 33º em 1982. Em Ventura e Santa Barbara as temperaturas chegaram aos 38º graus.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon