Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Fogo destruiu uma habitação no concelho de Oleiros - autarca

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/08/2017 Administrator

O incêndio que deflagrou hoje em Cambas, concelho de Oleiros, continua a lavrar com várias frentes e já destruiu uma casa, disse o presidente da Câmara à agência Lusa.

"Não sei ainda se será primeira ou segunda habitação", adiantou Fernando Jorge, frisando que "não há nenhuma aldeia em risco", apesar de, cerca das 22:30, as chamas estarem a aproximar-se de "algumas povoações".

O incêndio, que eclodiu em Selada das Pedras, freguesia de Cambas, às 13:18, tinha "várias frentes" ao início da noite, uma delas "seguramente com 20 quilómetros", afirmou.

"Não há feridos, nem povoações em perigo", segundo o presidente da Câmara Municipal de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, admitindo, no entanto, que uma "frente enorme" se aproximava do lugar do Orvalho.

Fernando Jorge contou que outra das frentes de fogo progredia na direção da povoação de Caneiros.

Os meios terrestres envolvidos no combate ao incêndio de Oleiros foram reforçados a partir das 22:00, com o número de operacionais a aumentar de 371 para 394, enquanto o total de viaturas também subiu de 112 para 117, de acordo com a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Sem sucesso, a agência Lusa tentou contactar José Nunes Farinha, presidente do município vizinho da Sertã, onde às 15:14 começou também um incêndio florestal, na freguesia de Várzea dos Cavaleiros.

Às 23:00, este fogo estava a ser combatido por 365 operacionais, apoiados por 101 viaturas, segundo a ANPC.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon