Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Fogo em Mação "mais controlado" mas ainda gera preocupação -- autarca

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/07/2017 Administrator

O incêndio que deflagrou no domingo na Sertã e se estendeu ao concelho de Mação está esta madrugada "mais controlado", sem aldeias em perigo neste município, mas ainda inspira preocupação, disse à Lusa o presidente da câmara, Vasco Estrela.

"As coisas estão um bocadinho melhores, estão mais controladas mas não nos podemos sentir descansados", disse.

Vasco Estrela explicou que "houve necessidade de retirar algumas pessoas" de três aldeias, mas "neste momento em concreto não há aldeias em perigo e o pior já deve ter passado".

As pessoas retiradas estão na Santa Casa da Misericórdia de Cardigos e tão cedo não poderão voltar, já que num caso a casa "foi consumida pelo incêndio" e noutro os habitantes são "pessoas muito idosas".

"Posteriormente vamos tentar ajudar essas pessoas a retomarem a sua vida", disse o autarca de Mação.

Apesar de alguma evolução positiva, Vasco Estrela manifesta apreensão: "Há um receio de o incêndio evoluir, que as coisas não se consigam resolver (...) As coisas estão ainda um pouco complicadas mas há esperança que durante a noite, o que resta da noite, se consiga resolver o incêndio".

O fogo deflagrou na tarde de domingo no concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, tendo as chamas entrado no concelho de Mação, distrito de Santarém.

De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o incêndio da Sertã começou cerca das 13:45, perto da localidade de Mosteiro de São Tiago, na freguesia de Várzea dos Cavaleiros.

Pelas 04:40 este incêndio com duas frentes era combatido por 734 operacionais, apoiados por 228 meios terrestres.

Mais dois incêndios estão ativos esta madrugada: outro em Castelo Branco, na freguesia de Santo André das Tojeiras, combatido por 238 operacionais apoiados por 75 veículos, e um em Gavião, distrito de Portalegre, onde estão 330 operacionais e 107 meios terrestres.

Em Vila Flor, Bragança, e Castelo Branco lavram mais dois fogos, já classificados como dominados. O primeiro é combatido por 164 operacionais e 62 meios terrestres, e o segundo por 59 operacionais e 23 veículos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon