Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Fogo em Vale de Cambra está "descontrolado" - bombeiros

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/10/2017 Administrator

O incêndio que deflagrou hoje em Vale de Cambra, Aveiro, e que se alastrou até Arouca, encontrava-se "descontrolado" pelas 22:00, disse fonte dos bombeiros de Arouca, segundo a qual o fogo "não vai ser dominado durante a noite".

Segundo a mesma fonte, que falava perto das 22:00 e que remeteu mais informações para o Comando de Operações em Arouca, a situação é "muito complicada".

O fogo deflagrou às 07:15, na freguesia de Macieira de Cambra, Vale de Cambra, distrito de Aveiro e, de acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, às 22:00 estava a ser combatido por 302 operacionais, apoiados por 94 viaturas.

No âmbito do combate a este incêndio, cinco bombeiros dos Voluntários de Ovar, distrito de Aveiro, ficaram hoje feridos na sequência do capotamento da viatura em que seguiam, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários de Vale de Cambra.

As autoridades detiveram em flagrante delito o presumível autor do incêndio florestal que deflagrou hoje de manhã em Vale de Cambra, disse o secretário de Estado da Administração Interna.

Segundo Jorge Gomes, que falava à RTP perto das 21:30, no posto de comando de Arouca, o homem foi "entregue de imediato à Polícia Judiciária".

Cerca das 15:00, e em declarações à Lusa, o presidente da câmara, José Pinheiro, indicou ter sido "necessário evacuar algumas casas".

O presidente da autarquia apontou então "os ventos fortes" como o "grande problema" deste incêndio florestal.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon