Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Governo reabre 72 postos de vigia da GNR

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/10/2017 Administrator

O Ministério da Administração Interna anunciou hoje a reativação, a partir de quarta-feira, de 72 postos de vigia da GNR e o alargamento dos contratos dos meios aéreos até ao final do mês de outubro devido aos incêndios.

Em comunicado, o MAI adianta que foi reativada a rede primária de postos de vigia da GNR, passando a estar os 72 postos desta rede em funcionamento entre quarta-feira e 31 de outubro.

Na área do combate, o Ministério da Administração Interna determinou o alargamento dos contratos de meios aéreos até ao final do mês de outubro, estando disponíveis dois aviões pesados, dois aviões médios e oito helicópteros médios, além dos meios próprios do Estado, frota composta por três helicópteros ligeiros e três pesados.

O Governo anuncia estas medidas após notícias que, segundo o Ministério da Administração Interna, dão conta de que "não terá acautelado os meios de vigilância, deteção e combate necessários ao quadro meteorológico dos últimos dias, propício à propagação de incêndios florestais".

O MAI adianta também que o dispositivo de combate a incêndios, que integra a fase 'Delta' entre 01 e 31 de outubro, foi reforçado com mais 820 operacionais, correspondendo a um total de 2.763 operacionais dos corpos de bombeiros voluntários.

Segundo o Ministério da Administração Interna, a fase 'Delta' conta atualmente com um total de 6.400 operacionais, entre voluntários e profissionais.

Entre outras medidas, o MAI destaca ainda, na área de combate, um aumento de grupos de reforço distritais, que são ativados face às necessidades operacionais, e, em matéria de vigilância e rescaldo, a constituição de pelotões de militares, os quais são acionados sempre que necessário.

No comunicado, o Governo dá ainda conta que a vigilância móvel conta nesta altura com 2.720 operacionais.

Os 72 postos de vigia da responsabilidade da Guarda Nacional Republicana são em número idêntico aos que estão a funcionar durante a fase 'Delta' de combate a incêndios florestais, que decorre entre 15 de maio e 30 de junho.

Já durante a fase mais crítica, entre 01 de julho e 30 de setembro, estão em funcionamento 236 postos de vigia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon