Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Habitantes de Mação retirados das aldeias começam a regressar a casa

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/07/2017 Administrator

Os habitantes retirados das aldeias do concelho de Mação devido ao incêndio que lavra desde domingo e que entrou esta manhã em fase de rescaldo estão a regressar às suas casas, disse fonte da câmara local.

"Começámos a devolver às suas casas parte da população que tínhamos retirado, isto sempre que estejam reunidas as condições necessárias de segurança", referiu o vereador Vasco Marques.

Segundo o autarca, seis pessoas já regressaram e entre 20 e 30 moradores estão agora a regressar.

Várias aldeias foram evacuadas ao longo dos últimos dias, levando à retirada de "várias dezenas de pessoas", de acordo com Vasco Marques.

O incêndio em Mação, no distrito de Santarém, que chegou a ameaçar a sede de concelho e várias aldeias, entrou hoje de madrugada em rescaldo, disse à Lusa o vice-presidente da Câmara, António Louro.

As chamas lavravam em Mação desde domingo, depois de terem alastrado do concelho da Sertã, no distrito de Castelo Branco.

De acordo com o vereador Vasco Marques, que falou aos jornalistas junto ao posto de comando, existem ainda pequenos pontos que "dão preocupação, que podem evoluir positiva ou negativamente dependendo das condições atmosféricas".

Os locais mais preocupantes são as localidades de Maxieira e Montela e a Serra dos Bandos.

As próximas horas vão exigir "muito trabalho de consolidação" das ações de rescaldo por se tratar de uma área ardida muito grande e que "qualquer pequeno reacendimento pode-nos trazer mais um dia de grande aflição".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon