Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Lei de apoio às vítimas aprovada no meio de polémica

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/10/2017 Administrator

O parlamento aprovou hoje uma lei sobre os apoios às vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande, por entre acusações do PSD à maioria de esquerda de está a dificultar as indemnizações.

Antes da votação, o PSD obrigou a repetição, em plenário, do debate e votação na especialidade dos artigos do diploma que resulta dos projetos do PCP, PSD e CDS.

E voltou a discussão sobre as acusações de boicote do PCP a uma lei que permitiria uma indemnização sem decisão judicial e mais rápida, quando se provar existir responsabilidade do Estado.

Nuno Serra, do PSD, acusou a maioria de esquerda de ter "dois pesos e duas medidas", entre o caso BES e o das vítimas dos incêndios de junho na região centro, que fizeram 64 mortos e mais de 200 feridos.

"Permitem que haja indemnização aos lesados do BES sem decisão judicial. Aí, o Estado e a maioria de esquerda acharam que podia indemnizar. Para aqueles que ficaram sem nada, vítimas de uma tragédia sem precedentes, decidiram que não", acusou, causando sonoros protestos das bancadas do PCP, BE e PS.

A resposta veio, logo de seguida, de João Oliveira, líder da bancada do PCP, que acusou os sociais-democratas de trazerem "falsidades ao debate".

E ao que o PSD dizia que "não" era possível, João Oliveira contrariou - "é falso que as vítimas fiquem sem nada".

"Está previsto um mecanismo de indemnização na medida em que a responsabilidade seja identificada. É falso que não haja lugar à indemnização, as indemnizações estão previstas na lei serem obrigatoriamente atribuídas", disse, quando se concluir haver responsabilidade do Estado.

Os comunistas realçaram a importância da lei que, depois foi aprovada pelos partidos, à exceção do PSD e do CDS, que se abstiveram, prever apoios como "não há memória" existirem numa lei.

E João Oliveira deu o exemplo dos apoios à habitação, a atribuição de apoios sociais, a isenção de taxas moderadoras na saúde ou medicamentos grátis, o apoio à reposição do potencial produtivo da região.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon