Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Mais de 4.000 operacionais combatiam chamas pelas 18:00 - ANPC

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/08/2017 Administrator

Mais de quatro mil operacionais, apoiados por 1.195 meios terrestres e 37 meios aéreos estavam hoje, pelas 18:00, a combater 108 incêndios pelo país, sendo que nove são significativos, refere o 'site' da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Dos 108 incêndios, 29 estão em curso, 28 estão em resolução e 51 em conclusão.

As ocorrências consideradas como significativas pela ANPC são atualmente nove e mobilizam 1.278 operacionais, apoiados por 358 veículos e 19 meios aéreos.

As chamas que mobilizam mais meios lavram na Covilhã (distrito de Castelo Branco), e estão a ser combatidas por 387 homens, 115 veículos e 10 meios aéreos.

O segundo incêndio que mobiliza mais meios localiza-se em Ribeira de Pena (Vila Real) e, apesar de estar em fase de resolução, ainda mobiliza 191 operacionais e 54 meios aéreos.

Ainda no distrito de Vila Real, mas no concelho de Alijó, estão 153 operacionais, 40 veículos e quatro meios aéreos.

Numa atualização pelas 18:00, a Proteção Civil aponta que se encontram encerradas ao trânsito várias estradas, nomeadamente a Estrada Nacional 26, em Sever do Vouga (Aveiro), a Estrada Municipal entre Lemenhe e Jesufrei, em Vila Nova de Famalicão (Braga), a Estrada Municipal 508 em Cortes do Meio, e ainda a Nacional 15, em Sabrosa, Vila Real.

Contactada pela agência Lusa, a GNR informou que o trânsito já flui na Autoestrada 4, que esteve encerrada desde as 13:40.

A circulação encontra-se dificultada também na Estrada Nacional 16, em Alquerubim (Albergaria-a-Velha), a Estrada Nacional 243, na zona de Alto dos Alvados (Porto de Mós), e ainda a Estrada Municipal 553, em Ovadas (Resende).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon