Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Situação mais calma em Ferreira do Zêzere mas ainda com zonas muito ativas

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/08/2017 Administrator

O incêndio que lavra em Ferreira do Zêzere, distrito de Santarém, "abrandou de intensidade e não há zonas particularmente sensíveis no concelho, apesar de vários setores ainda muto ativos", disse à Lusa fonte da Proteção Civil local.

"A esta hora ainda há zonas com alguma atividade e setores ainda muito ativos, mas o incêndio abrandou de intensidade e não há zonas particularmente sensíveis em termos de aldeias ou povoações em risco", disse à agência Lusa, cerca das 23:45, o Comandante Operacional Municipal de Proteção Civil (COMPC) de Ferreira do Zêzere.

"A situação esteve muito complicada em Dornes, Peralfaia e Rio Cimeiro, onde as chamas chegaram até às casas e aos quintais, mas as habitações foram salvas e só em Rio Cimeiro transferimos algumas pessoas, ao final da tarde, por precaução", disse Pedro Mendes.

Segundo o COMPC de Ferreira do Zêzere, "as coisas estão mais calmas e os meios mantêm-se no terreno em algumas operações de combate e outras de vigilância, rescaldos e trabalhos de consolidação da zona ardida, para evitar reacendimentos".

No total, desde sexta-feira, terão sido evacuadas "cerca de uma dezenas de aldeias", número que não conseguiu precisar, tendo o município emitido um comunicado à população onde faz vários apelos e onde dá conta de "quatro edifícios de primeira habitação atingidos, para além de edifícios de segunda habitação, anexos e equipamentos ainda em avaliação".

O município, que ativou à 01:00 do dia 13 de agosto o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, apela ainda para a "necessidade de precaução nas vias que já se encontram abertas, mas afetadas pelo incêndio, visto que existem árvores e pedras caídas ou em risco de queda", tendo feito notar que o sinistro "não se encontra totalmente dominado".

De acordo com a página da Proteção Civil, este incêndio começou na localidade de Senhora da Orada, freguesia de Beco, Ferreira do Zêzere, na sexta-feira, dia 11 de agosto, às 20:04 e mobilizava às 23:50 de hoje [segunda-feira] 200 operacionais, apoiados por 64 veículos, num sinistro que ainda se mantém "ativo com duas frentes".

Ainda no domingo, às 19:30, foi ativado o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Vila de Rei.

Segundo a mesma página, estão cortadas à circulação a EN 238 Besteiros/Vale Serrão, e a EN 348 Chão da Serra/Lago Azul, bem como a autoestrada 23 (A23).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon