Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Situação mais calma em Mação, mas "ainda com muito trabalho" - Autarca

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/07/2017 Administrator

A frente de incêndio que esteve nas últimas horas muito perto de Mação, distrito de Santarém, cedeu ao trabalho dos bombeiros, que contaram com a ajuda da mudança do sentido do vento, segundo o autarca local.

"A frente de fogo cedeu ao trabalho dos bombeiros e a vila pôde ficar a salvo. Esperamos que não haja reacendimentos", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela, acrescentando que, cerca das 00:00, existiam "alguns pontos críticos" perto da vila, como a aldeia de Mantela.

Nesta aldeia, a população foi retirada cerca das 21:00.

Segundo o presidente da Câmara, em Mantela "concentram-se vários meios, para tentar debelar aquela que é esta madrugada a principal frente de fogo" no concelho.

"Esta frente está ancorada no vale, junto a Mantela, não atingiu o lugar e estão lá muitas máquinas de rasto e bombeiros para combater o fogo, sendo esta uma boa oportunidade para resolver a situação", adiantou.

O autarca admitiu que, no concelho, a situação está mais calma que ao início da noite, "mas ainda se prevê muito trabalho".

Até agora, no concelho de Mação, foram evacuadas cerca de duas dezenas de aldeias e retiradas mais de 200 pessoas, tendo ardido seis casas de primeira habitação e 20 mil hectares de floresta -- metade do território concelhio.

Este fogo deflagrou no domingo no concelho da Sertã, tendo alastrados aos concelhos de Proença-a-Nova e Mação.

No combate às chamas em todo o perímetro estão envolvidos mais de 1.150 homens, apoiados por 363 viaturas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon