Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndios: Viseu ativa Plano Municipal de Emergência

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/10/2017 Administrator

O Plano Municipal de Emergência foi ativado hoje, em Viseu, tendo sido abertos dois centros de acolhimento para assistir os afetados pelos fogos, anunciou a Câmara Municipal de Viseu.

O plano foi ativado pelas 04:00 por decisão do presidente do município, indicou a câmara através de um comunicado divulgado na página da rede social Facebook.

Os centros de acolhimento estão localizados no Regimento de Infantaria, número 14 (na avenida com o mesmo nome), e no Quartel dos Bombeiros Municipais (Praça D. João I). "Aqui as populações poderão encontrar abrigo, apoio e os bens essenciais neste período de emergência", afirmou a autarquia.

Pelas 04:00 estavam ativos 26 grandes incêndios, combatidos por 3.600 operacionais e 1.100 veículos.

Os fogos que estão em curso desde domingo provocaram pelo menos seis mortos: duas pessoas morreram em Penacova (distrito de Coimbra), uma na Sertã (distrito de Castelo Branco) e duas em Oliveira do Hospital. Uma sexta vítima mortal foi registada em Nelas (Viseu), tratando-se de uma pessoa que estava dada como desaparecida.

Em Nelas, outra pessoa continua desaparecida.

Os incêndios causaram também desde domingo pelo menos 25 feridos, seis dos quais graves, e, destes, quatro estão relacionados com um acidente na autoestrada 25 (A25), quando as pessoas tentavam fugir às chamas.

Várias habitações arderam, localidades foram evacuadas e estradas mantém-se cortadas.

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo assinou um despacho de calamidade pública, abrangendo todos os distritos a norte do Tejo, para assegurar a mobilização de mais meios, principalmente a disponibilidade dos bombeiros no combate aos incêndios.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon