Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Inquérito/CGD: "Capitalização de 2012 foi feita pelos mínimos" -- relatório preliminar

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/07/2017 Administrator

O relatório preliminar da comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) indica que a capitalização de 2012 da entidade foi "feita pelos mínimos", e devia ter sido "mais robusta e mais reforçada".

"A capitalização de 2012 foi feita pelos mínimos", frisou o deputado Carlos Pereira (PS), relator da comissão de inquérito, e que esta manhã apresenta aos jornalistas, no parlamento, o relatório preliminar dos trabalhos.

A aprovação da capitalização de 2012, lembra o relator, "foi considerada ajuda de Estado", pelo que a CGD ficou sujeita a um plano de reestruturação "que durará até 2017, em coerência, segundo a Comissão Europeia, com o plano de viabilidade aprovado em 2016".

"As causas da capitalização de 2012 são praticamente consensuais entre os intervenientes e resumem-se na crise económica e no aprofundamento das exigências regulatórias, obrigando o banco a mais capital", é referido também nas conclusões preliminares de Carlos Pereira.

O parlamentar apresenta esta manhã a sua proposta de relatório final da comissão de inquérito sobre a recapitalização e gestão da CGD desde o ano 2000, ao mesmo tempo que no parlamento decorre outra comissão de inquérito em torno do banco público, embora focada na atuação do Governo na nomeação e saída de António Domingues da entidade.

"Não vale a pena tapar o sol com a peneira. Esta comissão de inquérito foi muito atribulada", disse o deputado relator, lembrando ainda que as conclusões dos trabalhos estão "definitivamente marcadas por fatores externos à questão do objeto do inquérito".

Entre o dia de hoje e a próxima segunda-feira os partidos podem apresentar propostas de alteração ao relatório final da autoria de Carlos Pereira, texto esse que será votado e discutido em 18 deste mês.

A comissão de inquérito debruçou-se sobre a gestão do banco público desde o ano 2000, culminando no processo de recapitalização de cerca de 5.000 milhões de euros aprovado entre o Governo português e a Comissão Europeia, depois de a CGD ter apresentado um prejuízo histórico de 1.859 milhões de euros em 2016.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon