Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

IPO-Porto renova 'site' com área privada para o doente

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

O Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO-Porto) anunciou hoje uma plataforma digital com uma área pessoal e reservada que permite ao doente aceder, através dos dispositivos móveis e com segurança, a um conjunto de funcionalidades e informações personalizadas.

De acordo com o presidente do IPO-Porto, Laranja Pontes, "a plataforma 'online' foi desenhada para responder aos mais elevados desafios de uma instituição de referência na área da saúde e adequada às atuais necessidades do doente".

Alicerçado numa apresentação "mais dinâmica e intuitiva", o novo 'site' do IPO-Porto vai para além do elemento visual, prevendo novos conteúdos e ferramentas dirigidas ao doente para poder comunicar de forma privilegiada com o Instituto.

Através do Bem-Me-Ker 'online', o doente IPO-Porto pode consultar, numa área individualizada reservada, um conjunto de funcionalidades: agendamento, solicitação e consulta de relatórios e declarações, informação sobre taxas moderadoras e preparação para exames, alertas, notificações e apoio 'online'.

"O paradigma dos 'sites' anteriores estava ajustado à dinâmica da instituição. Atualmente, a nossa visão é muito diferente e entendemos que uma ferramenta de comunicação digital tem que estar centrada nas necessidades do utilizador. Por isso, lançamos o Bem-Me-Ker 'online' e direcionamos o 'site' para três principais grupos: doente, profissional e cidadão", explicou Laranja Pontes.

Esta medida está articulada com o Plano Estratégico do IPO-Porto, para o triénio 2016-2018, que "pretende renovar e reforçar a sua presença online, com maior interatividade, funcionalidade e segurança, acompanhando a revolução das novas tecnologias e do mundo digital", sublinhou.

Em 2012, foram introduzidos 13 postos de atendimento eletrónico (Bem-Me-Ker) com o objetivo de implementação de uma solução automatizada de gestão da relação com os doentes à chegada (check-in), à saída (check-out) e na continuidade dos cuidados de saúde (visitas futuras, cuidados a ter no domicílio, preparações e agendamentos).

Atualmente, segundo o IPO-Porto, mais de 75% dos doentes efetuam o seu 'check-in' sem necessidade de passar na receção e 95% dos doentes realizam o seu 'check-out'.

"Este projeto pioneiro, que foi distinguido mais do que uma vez, evoluiu agora para o 'online' através da aplicação Bem-Me-Quer online, evitando ao doente deslocações ao hospital e preenchimento presencial de formulários", frisou Laranja Ponte.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon