Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Irão adverte EUA para os riscos de comprometer acordo nuclear

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/10/2017 Administrator

O diretor da agência de Energia Atómica do Irão advertiu hoje os Estados Unidos para os riscos de comprometer o acordo nuclear, entre os quais o de prejudicar os esforços de não-proliferação e a posição global de Washington.

Ali Akbar Salehi, que falava numa conferência internacional sobre segurança nuclear, frisou que as recentes posições norte-americanas "ilusórias e negativas" não permitem "augurar nada de bom" em relação ao acordo.

Um desfecho negativo seria mau para o Irão, mas, sublinhou, "está muito mais em causa para toda a comunidade internacional".

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve pronunciar esta semana um discurso sobre o Irão, no qual se espera que acuse Teerão de não estar a cumprir o acordo de 2015 e anuncie novas sanções contra os Guardas da Revolução, unidade de elite do exército iraniano.

Tais sanções, afirmou hoje um porta-voz do Governo iraniano, colocariam os Estados Unidos "do lado dos terroristas" do grupo extremista Estado Islâmico.

Os Guardas "são um órgão revolucionário" que "defende o povo [iraniano] e combate os terroristas", afirmou à imprensa Mohammad Bagher Nobakht.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon