Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Irão quer proteger acordo nuclear do "inimigo" norte-americano - Presidente

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/08/2017 Administrator

A prioridade do Irão é proteger o acordo nuclear concluído em 2015 do "inimigo" norte-americano, assegurou hoje o Presidente iraniano, Hassan Rohani, num discurso proferido no parlamento.

"O principal dever do nosso ministro dos Negócios Estrangeiros é defender o acordo nuclear e impedir os Estados Unidos de serem bem-sucedidos" na sua política, declarou Rohani, defendendo o trabalho do chefe da diplomacia, Mohammad Javad Zarif.

"Quem defende o acordo nuclear, resiste perante os inimigos, os Estados Unidos, Israel e alguns pequenos países da região que estão a perturbar" a aplicação do acordo nuclear", acrescentou.

Rohani declarou na semana passada que o Irão poderia abandonar o acordo nuclear se os Estados Unidos do Presidente Donald Trump continuassem a sua política de "sanções e coerções".

Concluído em julho de 2015 entre Teerão e as grandes potências, o acordo nuclear prevê que o Irão limite o seu programa nuclear a fins civis em troca do levantamento gradual das sanções internacionais.

Mas a administração Trump, contrária a este acordo concluído pelo seu antecessor, Barack Obama, impôs uma série de sanções jurídicas e financeiras ao Irão não relacionadas com atividades nucleares, após o lançamento de um foguete.

O Irão afirmou que as novas sanções, bem como a lei aprovada pelo Congresso norte-americano, violam o acordo nuclear.

Se os Estados Unidos "querem regressar a esses métodos, seguramente, num prazo muito curto -- não semanas ou meses, mas dias ou horas -- nós regressaremos à situação [anterior ao acordo] e ficaremos mais fortes", advertiu Rohani.

O parlamento deve votar hoje a confiança nos ministros apresentados pelo Presidente Rohani após vários dias de debates.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon