Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Já há 175 mil futebolistas federados em Portugal

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/03/2017 Rodrigo Cortez

A FPF ultrapassou a marca histórica de 175 mil praticantes federados, recorde absoluto da sua história, na época 2016/17.

A FPF ultrapassou no dia 1 de março os 175 mil praticantes federados, naquele que já é um novo recorde absoluto de praticantes federados.

Com o período de inscrições aberto até final da época, verifica-se que a FPF, além de bater os 168.658 praticantes inscritos no total da época 2015/16, tem um crescimento homólogo de 4,8 por cento em relação ao início do mês de março do ano passado.

A FPF passou de 167.505 praticantes inscritos, em março de 2016, para os atuais 175.550, num crescimento de 7545 praticantes.

Os dados da FPF indicam igualmente que o organismo federativo cresce em praticantes no futebol e no futsal de ambos os géneros em relação ao mês de março do ano passado.

Assim, verifica-se um crescimento homólogo na prática de futebol federativo na ordem dos 5,2 por cento (cerca de 143 mil praticantes inscritos face aos 136 mil de 2016) e de um crescimento do futsal na ordem dos 3,1 por cento (32 mil praticantes em março de 2017).

Grande destaque ainda para o crescimento vertiginoso das praticantes de futebol e de futsal feminino.

Com a época desportiva ainda a decorrer verifica-se que pela primeira vez foi ultrapassado o número de 4 mil jogadoras de futebol de onze inscritas (4062), um novo recorde absoluto total e que representa um crescimento de 33 por centos das inscritas em relação ao ano de 2016.

© Pedro Rocha / Global Imagens

Dentro da vertente feminina, o futsal cresceu 4,8 por cento em relação ao ano transato, com 4358 inscritas.

No futebol de onze masculino verifica-se igualmente um crescimento de 4,5 por cento, com 139.367 praticantes já inscritos, e no futsal masculino foram ultrapassados os 27750 praticantes (mais 2,9 por cento de inscritos).

A decomposição por escalões das várias modalidades federativas, masculinos e femininos, revela ainda que o número de praticantes cresceu em todas as idades.

O período de inscrições para a corrente época termina a 31 de maio, com exceção do futebol de praia que permanece aberto e cujos dados ainda não estão contabilizados nesta análise.

O anterior recorde de praticantes inscritos da FPF ficou estabelecido na época de 2015/2016, recorde absoluto que já havia sido superado em janeiro deste ano.

Os números agora registados, que pela primeira vez na história da FPF passam os 175 mil praticantes, ainda não refletem a inscrição dos praticantes de futebol e futsal de recreação e lazer na família federativa.

Recorde-se que só esta época desportiva, a FPF já protocolou com nove concelhos (Barcelos, Fafe, Santarém, Vila Nova de Famalicão, Guimarães, Mirandela, Lisboa, Valpaços e Vila Franca de Xira) a futura entrada destes praticantes na Federação Portuguesa de Futebol.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon