Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Japão estima para breve proposta para novas sanções à Coreia do Norte

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Administrator

O embaixador do Japão nas Nações Unidas disse hoje esperar que um projeto de resolução da ONU que imponha novas sanções contra a Coreia do Norte esteja concluído em breve, após os recentes testes com misseis balísticos intercontinentais.

Os Estados Unidos e a China afirmaram há cerca de uma semana que estavam a fazer progressos numa resolução que depois precisaria de ser discutida e aprovada pelo Conselho de Segurança.

O embaixador japonês Koro Bessho, cujo país integra o Conselho de Segurança, disse hoje aos jornalistas que "tem havido muito trabalho" e discussão sobre o texto do documento.

"O Japão contribuiu com ideias" e os Estados Unidos e a China "estão a olhar seriamente para o assunto", afirmou o embaixador, acrescentando: "espero que o possamos fazer dentro de dias".

No domingo, o Presidente dos Estados Unidos e o primeiro-ministro japonês consideraram que o programa de mísseis da Coreia do Norte representa uma ameaça "séria e crescente".

Num contacto telefónico sobre o teste de um míssil intercontinental realizado na sexta-feira por Pyongyang, Donald Trump e Shinzo Abe concordaram que a "Coreia do Norte representa uma ameaça direta séria e crescente para os Estados Unidos, Japão, República da Coreia [Coreia do Sul] e outros países, próximos e longínquos".

Na sexta-feira passada, a Coreia do Norte lançou com êxito o segundo míssil balístico intercontinental da sua história.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon