Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jardins Efémeros voltam às ruas de Viseu nos próximos 10 dias

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Administrator

O festival cultural multidisciplinar Jardins Efémeros oferece à cidade de Viseu, a partir de hoje, mais de 300 atividades nas áreas da arquitetura, artes visuais, som, dança, teatro, cinema, oficinas e mercados.

O Jardins Efémeros vai contar, até 16 de julho, com atuações de músicos como William Basinski, que este ano lançou "A Shadow in Time", o saxofonista Evan Parker, para além do austríaco Fennesz, que vai atuar com o norueguês Arve Henriksen.

Tendo como tema central o "Paradoxo", o evento propõe na área da arquitetura uma instalação denominada "Tília", do arquiteto João Loureiro em colaboração com Rafael Gomes, instalada no interior do Claustro da Catedral de Viseu, no adro da Igreja da Misericórdia e no largo Pintor Gata.

No campo das artes visuais, destaque para a "Peça para Perséfone", instalada na praça D. Duarte. Trata-se de um trabalho de Gabriela Albergaria em taipa, com técnica de construção em terra e sonorização de Pedro Tudela.

Na vertente Pólis, a sala de exposições temporárias do Museu Nacional Grão Vasco acolhe a instalação imersiva "Vestido a Rigor", que nasceu do projeto participativo com a comunidade cigana do bairro social de Paradinha, de Viseu.

Destaque também para o projeto de intervenção artística em várias lojas tradicionais e espaços devolutos na rua Direita, com o intuito de sensibilizar a população para a reabilitação física e humana do centro histórico de Viseu.

No que diz respeito ao som, Viseu acolhe nove presenças internacionais exclusivas, enquanto na vertente do cinema serão apresentados pela primeira vez em Portugal dois filmes que têm por objetivo sensibilizar as pessoas para votarem.

A sétima edição dos Jardins Efémeros vai custar 192 mil euros, contando com um apoio financeiro de 123 mil euros por parte da Câmara Municipal de Viseu, que disponibiliza ainda um apoio não financeiro que ultrapassa os 15 mil euros.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon