Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Javi García está no radar de Jorge Jesus

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/07/2017 Hugo Monteiro

Atento à reforma em curso no Zenit, Sporting procura saber em que condições podem contar com o médio.

A Sporting SAD tem procurado determinar em que condições poderá contar com Javi García em 2017/18, por forma a dotar o plantel às ordens de Jorge Jesus de um jogador que o técnico que o orientou ao longo de três épocas à frente do Benfica muito aprecia. O interesse no internacional espanhol de 30 anos por parte dos leões foi suscitado pela atual conjuntura: com a chegada de Roberto Mancini ao comando técnico do Zenit, o emblema de São Petersburgo encetou uma reforma no seu plantel e Javi García viu o seu nome integrar, algo surpreendentemente, a lista de dispensas do clube russo. Nesse sentido, ao que O JOGO apurou, a sociedade que gere o futebol dos leões está em campo para aquilatar quais as reais possibilidades de poder contar com um jogador que é encarado em Alvalade como uma excelente solução para colmatar uma eventual saída de William (ver caixa ao lado).

Certo é que Javi García é um trinco que Jorge Jesus admira muito. À chegada à Luz, em 2009, o técnico concretizou a contratação do jogador ao Real Madrid: nessa primeira época, fez 46 jogos e marcou quatro golos; na que se seguiu, atirou oito vezes a contar em 45 utilizações; e na última época pelas águias, fez dois golos em 39 partidas (seria chamado a jogo ainda por duas ocasiões em 2012/13, antes de se transferir por 20 milhões de euros para o Manchester City de... Roberto Mancini, que agora o dispensa do Zenit.

© Filipe Amorim/Global Imagens

Tendo já contratado Paredes por 23 milhões de euros, Driussi por 15 e preparando-se para gastar 18 em Rodrigo Caio, o emblema de São Petersburgo deu guia de marcha a uma série de jogadores indicados pelo técnico italiano de 52 anos, como Maurício, Hernâni, o central português Luís Neto e... Javi García.

O Sporting vai, assim, tentar acautelar uma alternativa de luxo para a eventual transferência de William. A disponibilidade do Zenit em aceitar as condições propostas pelos leões está ainda por apurar. A solução mais viável seria a cedência por empréstimo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon